quarta-feira, 24 de junho de 2009

AUTUORI NO CAMINHO CERTO

Em todas as mídias que tenho acompanhado, o Grêmio tem sido desmerecido por sua campanha invicta aqui.

O Grêmio não tem culpa alguma por sua tabela de jogos. A Libertadores vai se desenhando conforme os times vão se classificando e, mesmo após ter tido a "sorte" de cair no grupo que caiu na primeira fase, só pôde ter essa "sorte" porque foi, de forma competente, segundo colocado no Brasileirão do ano passado e CLASSIFICOU-SE para a Libertadores. Coisa que muito clube não conseguiu.

Depois, caras como Milton Neves et caterva, sempre estão com seus rojões apontados para o lado do Grêmio. Como alguém já disse, o nosso amado Grêmio é o MAIS ODIADO clube do Brasil.

De entendimento superior e conhecimento expressivo sobre o futebol brasileiro, Paulo Autuori não tem deixado-se levar por essas miudezas e trata de passar confiança para equipe, rechaçar a idéia de favoritismo do Cruzeiro e, corretamente, de ajustar o Grêmio à realidade da envergadura de sua camiseta. A idéia que se tem, pela primeira vez no Grêmio nessa altura do mata-mata passa ser a de que temos que VENCER o jogo. Isso vai contra até alguns velhos conselheiros e pessoas míticas dentro do clube, que são derrotistas de plantão e adoram 90 minutos de sofrimento, sempre arriscando demais ao preferir times que se defendam exclusivamente, ou que simplesmente se defendam e especulem no contra-golpe.

Por mais que possamos até, quem sabe, em último caso, amargar uma derrota, a idéia de vencer o jogo é, e sempre foi a mais correta. A história do "vamos lá arrancar um empate", ou "perder de pouco" não condiz com o tamanho do Grêmio, sua história e sua torcida. Depois de muito tempo, me arrisco a dizer, que o Grêmio tem um técnico à sua altura. E ele tem um contrato longo ! Estou otimista. Acredito cada vez mais ao ouvir Autuori. Ele tem a filosofia dos homens vencedores. E, como nós somos aquilo que acreditamos ser, ele é um vencedor. Bom para ele, e agora, bom para o Grêmio.

FORZA GREMIO !


video

Nenhum comentário: